AMARILDO « Torcedor Botafoguense

AMARILDO

Amarildo Tavares da Silva nasceu em 29 de julho de 1940 na cidade de Campos dos Goytacazes do Rio de Janeiro. Iniciou a sua carreira no Goytacaz Futebol Clube em 1956. Em 1958 passou a defender os aspirantes do Flamengo e logo foi dispensado. Resolveu servir o Exército até que o jogador Paulista o convenceu a fazer teste no Botafogo e foi aprovado.

No Botafogo jogou entre 1958 e 1963. Subsituiu o Paulo Valentim e formou um quinteto poderoso ao lado de Garrincha, Didi, Quarentinha e Zagallo. Considerado o maior atque de todos os tempos. No Botafogo jogou 238 jogos e marcou 135 gols, onde conquistou o Bicampeonato Carioca (1961/1962), Campeão Brasileiro (Roberto Gomes Pedrosa – 1962) e da Copa Intercontinental de Clubes da França – 1963.

Em 1962 participou da Copa do Mundo no Chile, inicialmente como reserva de Pelé. No segundo jogo da Copa,  Pelé se contundiu e Amarildo o subsitui no restante da Copa. Apesar do receio dos torcedores brasileiros, Amarildo foi um Leão e na final fez o gol de empate. Durante a Copa do Mundo do Chile marcou três gols (dois contra a Espanha e um na final contra a Tchecolosváquia). Após a Copa do Mundo do Chile recebeu o Apelido de “Possesso”. Pela Seleção Brasileira jogou vinte e quatro vezes e marcou nove gols.

Em 1963 foi para a Itália no jogar no A. C. Milan. Além do Milan, jogou pela Fiorentina e Roma na Itália. Em 1973 retornou ao Brasil para defender o Vasco e em 1974 a sua carreira como jogador de futebol.

Em oito de dezembro de 2009 foi homenageado pelo Botafogo com o lançamento de uma camisa comemorativa.