Risco de debandada: sindicato dá assessoria e jogadores podem deixar o Botafogo « Torcedor Botafoguense

Risco de debandada: sindicato dá assessoria e jogadores podem deixar o Botafogo

Publicado em 30/07/2014, 16:18 por RonaldoFdeSouza

Risco de debandada: sindicato dá assessoria e jogadores podem deixar o Botafogo

Postado em 30 jul 2014
 
jogadores treinobotafogo2 vitor silvasspress 95 Risco de debandada: sindicato dá assessoria e jogadores podem deixar o Botafogo

O que está ruim pode piorar no Botafogo. Por causa dos salários atrasados (três meses, além de cinco de imagem e FGTS), os jogadores podem se desligar de General Severiano por lei. O presidente do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol do Rio de Janeiro, Alfredo Sampaio, reafirma a situação insustentável e já disponibilizou assessoria jurídica ao elenco. Por mais que não creia, o risco de debandada existe.

— Podem fazer, caso queiram. Estamos prontos caso eles nos solicitem. Temos as documentações necessárias e conversado diariamente com alguns, como Bolívar e Julio Cesar — disse Sampaio: — Muitos já têm mais de seis jogos no Campeonato Brasileiro e não poderiam jogar por outro clube na Série A. Isso meio que inibe a ação.

A terça-feira foi de reunião entre os jogadores e a diretoria do clube por causa dos salários atrasados. Foram duas horas de conversa antes do treinamento no Engenhão. Alguns dirigentes, como o gerente técnico Wilson Gottardo, demonstraram descontentamento em relação à atitude do grupo, de entrar em campo no clássico contra o Maracanã, com uma faixa que expôs detalhes da crise financeira: cinco meses no direito de imagem, três de salários e mais FGTS.

— Uma reunião que se alonga é proveitosa para cada um colocar tudo o que aconteceu no último jogo e acertar outros detalhes. Nada do que aconteceu antes influenciou no resultado. Gottardo tem o direito de discordar, e tem de ser assim mesmo. O objetivo da reunião foi bom, e quando é assim há mais ganho do que perda — comentou o meia alvinegro Carlos Alberto.

Para amenizar o problema financeiro, dirigentes do Bota tentam, de todos os jeitos, auxiliados pelo Sindicato dos Jogadores, que parte das receitas, hoje 100% bloqueadas, seja liberada.

Em General Severiano, na parte da tarde, o clima ficou tenso quando cerca de dez torcedores invadiram a sede à procura do presidente Maurício Assumpção. O dirigente, porém, não foi encontrado e um novo protesto está sendo marcado.


Fonte: Extra

Comente

Para que o debate transcorra da maneira mais adequada possível, definimos algumas regras de conduta. A moderação dos comentários será feita por nosso redator e nos reservamos ao direito de apagar os comentários que fugirem a política abaixo descrita:

• O comentário divulgado deverá ter relação com o conteúdo vinculado ao post;

• Estarão proibidas mensagens de caráter comercial ou publicitário;

• Não poderá haver comentários ofensivos, preconceituosos, assim como qualquer outro que venha a ferir os bons costumes;

• Os comentários não poderão denegrir a imagem de uma pessoa, instituição ou empresa;

• Estarão proibidos comentários racistas e pornográficos ou de ideias ilegais;

Você tem que estar logado para comentar.